Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Acompanhamento das condições atuais, discussões de modelos e previsão para Brasil e América do Sul. Monitoramento de ENSO, MJO, AAO, entre outras, e ciclones no Atlântico Sul.
Tomás WRuas
Altocumulus
Mensagens: 752
Registado: terça mai 03, 2016 2:44 pm
Localização: Porto Alegre, RS | Floripa, SC

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Tomás WRuas » terça mai 16, 2017 1:45 pm

coutinho Escreveu:POSSÍVEL EPAGRI EM VACAS GORDAS!

Existe alguma data?
Porto Alegre 2017:
Máxima: 36,1°C 03/03 | 18,8°C 13/05
Mínima: 8,4°C 28/04 | 25,5°C 05/02
Dados do INMET - Jardim Botânico de Porto Alegre (convencional)
Extremos pelo Metroclima:
Máxima: 38,4°C 18/02 (São João)
Mínima: 7,9°C 28/04 (São João)

Porto Alegre 2016 - Metroclima:
Máxima: 40,9°C 25/01 (Tristeza)
Mínima: 0,9°C 11/06 (Cascata)

marinhonani
Pyrocumulus
Mensagens: 2541
Registado: terça ago 06, 2013 9:44 pm

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor marinhonani » terça mai 16, 2017 2:13 pm

Acho que passou despercebido pelos paulistas, mas o Inmet instalou automática em Tupã dia 12/05 e na cidade de Marília no dia 13/05.

Como divulgado aqui uns dois meses atrás, já em funcionamento, Marilândia-ES, Ecoporanga-ES, Patos de Minas-MG, Marília-SP, Tupã-SP e lá para o dia 19 em Uberaba.

Avatar do Utilizador
Renan
Cumulonimbus incus
Mensagens: 13116
Registado: sexta mar 13, 2009 8:23 pm
Localização: Juiz de Fora MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Renan » terça mai 16, 2017 2:31 pm

Caio César Escreveu:O pessoal aqui que já falou até que "está havendo muito terrorismo em cima de 2017", ou que "a choradeira começou cedo" não argumentou os pontos levantados que me levam a crer em um inverno ruim. Ou não há uma contra-argumentação que eu tenha lido.

Já passei faz tempo da fase de otimista cego. Ao longo dos anos fui aprendendo com a observação e com as análises de modelos, li bastante, inclusive muitos colegas do BAZ me ensinaram muito.

Por tudo isso me incomoda o fato de eu expor os fatos que levam a minha linha de raciocínio acerca das expectativas para este inverno, e ser contradito por meio de meras especulações de esperança.


Caio,

Indiretas são desnecessárias no BAZ, pois todos somos colegas de longa data aqui. De qualquer forma, desde já me desculpo se a forma como me expressei causou-lhe incômodo. Não me vejo neste momento totalmente desprovido de argumentos, pois temos algumas peças em jogo que merecem consideração. Modelo japonês indicando JJA acima da média ? Oceano Atlântico quente ? Ok, mas a neutralidade dos próximos meses no Pacífico nos dá maior tranquilidade. Tem também aquele gráfico do ciclo solar, enfim...

E é sempre bom lembrar que a previsão está sendo considerada para o sul brasileiro. Pois aqui no Sudeste -MG, RJ ES-, malgrado a ausência de extremos de frio, o outono/inverno de 2017 está melhor que o de 2016 até o momento.
2017: Me surpreenda positivamente !

ESTAÇÃO BANDEIRANTES (JUIZ DE FORA, MG):

http://www.wunderground.com/weatherstat ... IMINASGE11

Imagem

Avatar do Utilizador
Aldo Santos
Cumulonimbus mammatus
Mensagens: 5445
Registado: sábado nov 10, 2012 1:05 pm
Localização: São Paulo-SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Aldo Santos » terça mai 16, 2017 2:36 pm

Frost Escreveu:
Renan Escreveu:Nani, lembrando que o mapa está em "inches", onde 1 "inche" = 25,4mm

Certo!
Só uma correção, no singular é "inch"!
:good2:

Vulgo polegada. :laugh:

------------------

marinhonani Escreveu:Acho que passou despercebido pelos paulistas, mas o Inmet instalou automática em Tupã dia 12/05 e na cidade de Marília no dia 13/05.
Como divulgado aqui uns dois meses atrás, já em funcionamento, Marilândia-ES, Ecoporanga-ES, Patos de Minas-MG, Marília-SP, Tupã-SP e lá para o dia 19 em Uberaba.
Por mim passou mesmo. :mosking:
Não tinha visto.

Na minha modesta opinião, seria interessante uma em Apiaí e outra a leste da Grande S.Paulo (Mogi das Cruzes, Salesópolis, Suzano, Biritiba Mirim...)
Acho que outra na capital, fora da ilha de calor, já é pedir demais... :laugh:

Avatar do Utilizador
Aldo Santos
Cumulonimbus mammatus
Mensagens: 5445
Registado: sábado nov 10, 2012 1:05 pm
Localização: São Paulo-SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Aldo Santos » terça mai 16, 2017 2:42 pm

Renan Escreveu:
Caio César Escreveu:O pessoal aqui que já falou até que "está havendo muito terrorismo em cima de 2017", ou que "a choradeira começou cedo" não argumentou os pontos levantados que me levam a crer em um inverno ruim. Ou não há uma contra-argumentação que eu tenha lido.
Já passei faz tempo da fase de otimista cego. Ao longo dos anos fui aprendendo com a observação e com as análises de modelos, li bastante, inclusive muitos colegas do BAZ me ensinaram muito.
Por tudo isso me incomoda o fato de eu expor os fatos que levam a minha linha de raciocínio acerca das expectativas para este inverno, e ser contradito por meio de meras especulações de esperança.

Caio,

Indiretas são desnecessárias no BAZ, pois todos somos colegas de longa data aqui. De qualquer forma, desde já me desculpo se a forma como me expressei causou-lhe incômodo. Não me vejo neste momento totalmente desprovido de argumentos, pois temos algumas peças em jogo que merecem consideração. Modelo japonês indicando JJA acima da média ? Oceano Atlântico quente ? Ok, mas a neutralidade dos próximos meses no Pacífico nos dá maior tranquilidade. Tem também aquele gráfico do ciclo solar, enfim...

E é sempre bom lembrar que a previsão está sendo considerada para o sul brasileiro. Pois aqui no Sudeste -MG, RJ ES-, malgrado a ausência de extremos de frio, o outono/inverno de 2017 está melhor que o de 2016 até o momento.

Como o Caio, além do Rodolfo, do Vinicius, do Coutinho, etc, são os craques em previsão por aqui, eu fico com as barbas de molho.
Gostaria que o Caio errasse totalmente este ano mas... :laugh:

Só nos resta ir acompanhando...

Avatar do Utilizador
Melo
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4140
Registado: quarta fev 01, 2012 7:04 am
Localização: Jundiaí - SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Melo » terça mai 16, 2017 3:12 pm

Ataques de estrelismos e de pretensões à parte eu direi: vários aqui são realmente ''feras'', conhecem muito do tema, manejam com perícia as variáveis que eventualmente podem definir como será o próximo inverno, mas...

... não me lembro de ninguém ter previsto que 2016 seria um ano ''bom'' a partir do finalzinho de abril, que aquela potente MP seria o ''cartão de entrada'' para um junho bem frio e um julho até razoável.

...não me lembro de ninguém ter previsto em 2013 aqueles eventos que nem preciso descrever aqui.

Então, eu recomendaria que todos aqui tenhamos algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer.

Reporto-me agora à fantástica experiência do Professor Eugenio Hackbart, experiência essa que ele levou sempre em conta e sempre valorizou tanto quanto valorizou os seus conhecimentos técnicos meteorológicos. :russian:

Tenham alguns (não eu, que nesse meio sou ''manjuba'' :laugh: ) uma boa dose de humildade e um caminhão de ceticismo para, simplesmente, não expor a sua ira para com quem não concorda com o seu ponto de vista.

A CIÊNCIA agradece. :russian:
“A causa fundamental dos problemas no mundo de hoje é que os estúpidos são convictos enquanto os inteligentes são cheios de dúvidas.”

Bertrand Russell

Avatar do Utilizador
Moretão
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3250
Registado: domingo jul 03, 2011 7:27 pm
Localização: Longe do Triplex

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Moretão » terça mai 16, 2017 3:17 pm

Mario Escreveu:
Fernando Keiser Escreveu:
coutinho Escreveu:POSSÍVEL EPAGRI EM VACAS GORDAS!


Ótimo! Porém tem cidade com 350 mil habitantes que não possui uma estação. Piada! Acorda, Epagri!


Aqui em Turvo tem estaçoes da epagri desativadas, tem uma que passo toda semana por ela e está lá apodrecendo.


Quem será que rouba mais nosso dinheiro EPAGRI OU INMET? Muito provavelmente ainda é o INMET.

---

Mínima de 14,3°C no Centro. O desejado é que sexta chegue logo para termos uma máxima amena. Sol de Maio é dose... :negative:
*2017. 100 anos do nascimento de Roberto de Oliveira Campos. Empresário, professor, diplomata, embaixador, ministro de estado, diretor de banco, visionário, futurista.

Imagem

Imagem

Avatar do Utilizador
Melo
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4140
Registado: quarta fev 01, 2012 7:04 am
Localização: Jundiaí - SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Melo » terça mai 16, 2017 3:23 pm

Agora o meu pitaco de ''manjuba'' (peixe pequeno): sei lá o que vai acontecer e não acontecer, mas é vero que temos aí variáveis desfavoráveis para um bom inverno, como a questão ao Atlântico aquecido, por exemplo, entre outras.

Contudo, após alguns anos aprendendo aqui alguma coisa, posso dizer que a atmosfera é surpreendente, pode ser que o padrão mude antes de julho. Um aspecto que muitos não levam em conta é a ausência de ASAS ao menos até agora ('''toc-toc-toc'').

Então, o melhor é acompanhar, monitorar e simplesmente não brigarmos uns com os outros a respeito de um tema do qual simplesmente não dominamos. Mas devo reconhecer que, sim, estou muito cético a respeito desse inverno 2017. Principalmente por causa do padrão pós 2000. :russian:
“A causa fundamental dos problemas no mundo de hoje é que os estúpidos são convictos enquanto os inteligentes são cheios de dúvidas.”

Bertrand Russell

Avatar do Utilizador
Paulo Henrique
Cumulonimbus incus
Mensagens: 12735
Registado: sábado mar 14, 2009 10:49 am
Localização: Soledade RS
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Paulo Henrique » terça mai 16, 2017 3:37 pm

Felipe Backendorf Escreveu:
coutinho Escreveu:POSSÍVEL EPAGRI EM VACAS GORDAS!


Bem que podiam colocar uma estação em Blumenau né? A serra já ta cheia delas :mosking:

Dia de sol entre nuvens com 24,4C. A mínima da madrugada foi de 13,4C devido à nebulosidade

Acho ótimo, uma estação de alguma empresa ou instituto, dá credibilidade ao local.Gostaria de ter uma Epagri aqui, nos moldes destas de Vacaria e Bom Jesus. :good:
Imanuil nos guie e interceda!!!

Avatar do Utilizador
Renan
Cumulonimbus incus
Mensagens: 13116
Registado: sexta mar 13, 2009 8:23 pm
Localização: Juiz de Fora MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Renan » terça mai 16, 2017 4:01 pm

Melo Escreveu:Ataques de estrelismos e de pretensões à parte eu direi: vários aqui são realmente ''feras'', conhecem muito do tema, manejam com perícia as variáveis que eventualmente podem definir como será o próximo inverno, mas...

... não me lembro de ninguém ter previsto que 2016 seria um ano ''bom'' a partir do finalzinho de abril, que aquela potente MP seria o ''cartão de entrada'' para um junho bem frio e um julho até razoável.

...não me lembro de ninguém ter previsto em 2013 aqueles eventos que nem preciso descrever aqui.

Então, eu recomendaria que todos aqui tenhamos algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer.

Reporto-me agora à fantástica experiência do Professor Eugenio Hackbart, experiência essa que ele levou sempre em conta e sempre valorizou tanto quanto valorizou os seus conhecimentos técnicos meteorológicos. :russian:

Tenham alguns (não eu, que nesse meio sou ''manjuba'' :laugh: ) uma boa dose de humildade e um caminhão de ceticismo para, simplesmente, não expor a sua ira para com quem não concorda com o seu ponto de vista.

A CIÊNCIA agradece. :russian:


Concordo. Eu também sou "manjuba" nesse assunto, mas eu adoro e sempre adorei, então...aos poucos vamos aprendendo, :laugh: .

O padrão pós-2000 é que nos faz ficar mais pessimistas acima de tudo ! Porém, vamos fechar com um inverno semelhante a 2010 ou 2011 aqui no Sudeste, e ninguém mais fala no assunto, que tal ? :mosking:
2017: Me surpreenda positivamente !

ESTAÇÃO BANDEIRANTES (JUIZ DE FORA, MG):

http://www.wunderground.com/weatherstat ... IMINASGE11

Imagem

Avatar do Utilizador
Melo
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4140
Registado: quarta fev 01, 2012 7:04 am
Localização: Jundiaí - SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Melo » terça mai 16, 2017 4:17 pm

Renan Escreveu:
Melo Escreveu:Ataques de estrelismos e de pretensões à parte eu direi: vários aqui são realmente ''feras'', conhecem muito do tema, manejam com perícia as variáveis que eventualmente podem definir como será o próximo inverno, mas...

... não me lembro de ninguém ter previsto que 2016 seria um ano ''bom'' a partir do finalzinho de abril, que aquela potente MP seria o ''cartão de entrada'' para um junho bem frio e um julho até razoável.

...não me lembro de ninguém ter previsto em 2013 aqueles eventos que nem preciso descrever aqui.

Então, eu recomendaria que todos aqui tenhamos algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer.

Reporto-me agora à fantástica experiência do Professor Eugenio Hackbart, experiência essa que ele levou sempre em conta e sempre valorizou tanto quanto valorizou os seus conhecimentos técnicos meteorológicos. :russian:

Tenham alguns (não eu, que nesse meio sou ''manjuba'' :laugh: ) uma boa dose de humildade e um caminhão de ceticismo para, simplesmente, não expor a sua ira para com quem não concorda com o seu ponto de vista.

A CIÊNCIA agradece. :russian:


Concordo. Eu também sou "manjuba" nesse assunto, mas eu adoro e sempre adorei, então...aos poucos vamos aprendendo, :laugh: .

O padrão pós-2000 é que nos faz ficar mais pessimistas acima de tudo ! Porém, vamos fechar com um inverno semelhante a 2010 ou 2011 aqui no Sudeste, e ninguém mais fala no assunto, que tal ? :mosking:


Como eu só pós P.H.D. em chatice eu vou falar! :laugh:

E o tema dos análogos (by Professor Eugenio)? Faz tempo que ninguém comenta isso por aqui... :russian:
“A causa fundamental dos problemas no mundo de hoje é que os estúpidos são convictos enquanto os inteligentes são cheios de dúvidas.”

Bertrand Russell

Avatar do Utilizador
Melo
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4140
Registado: quarta fev 01, 2012 7:04 am
Localização: Jundiaí - SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Melo » terça mai 16, 2017 4:31 pm

Nessas horas de incertezas é que eu recorro ao oráculo do CPTEC. :mosking:

Imagem

Mas é isso, nessa rodada ao menos julho até que não está nada mal. Mas e na seguinte???

''La Dona é mobile''.
“A causa fundamental dos problemas no mundo de hoje é que os estúpidos são convictos enquanto os inteligentes são cheios de dúvidas.”

Bertrand Russell

Avatar do Utilizador
Moisés Alexandre
Stratocumulus
Mensagens: 462
Registado: segunda jun 27, 2011 5:49 pm
Localização: Lages-SC (Planalto Sul)
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Moisés Alexandre » terça mai 16, 2017 5:29 pm

Modelos mostram provável entrada de MP intensa no conesul 24/27 maio com pressão uma atingindo o conesul com 1047/1049 hPa. Centro da Massa com -11/-14 C sobre pacífico sul, modelos prevêem formação de um cavado sobre norte ARG e PAR, ingredientes para um evento interessante no final de Maio...
Maio dando sinais de mudança nas condições atm., com sinais de Junho interessante, muito propenso sistemas cicloneges no atlântico sul e região chaco. Atividade solar em 13,6 SSN, em decendio, águas dos oceanos em arrefecimento. Tendência de termos algo interessante nos meses JJA.
Em Lages (área industrial), tempo bom, vento calmo SO e temperatura 15C.

William Siqueira
Moderador global
Mensagens: 10751
Registado: quinta abr 25, 2013 8:39 pm
Localização: Maria da Fé MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor William Siqueira » terça mai 16, 2017 6:09 pm

Melo Escreveu:
Renan Escreveu:
Melo Escreveu:Ataques de estrelismos e de pretensões à parte eu direi: vários aqui são realmente ''feras'', conhecem muito do tema, manejam com perícia as variáveis que eventualmente podem definir como será o próximo inverno, mas...

... não me lembro de ninguém ter previsto que 2016 seria um ano ''bom'' a partir do finalzinho de abril, que aquela potente MP seria o ''cartão de entrada'' para um junho bem frio e um julho até razoável.

...não me lembro de ninguém ter previsto em 2013 aqueles eventos que nem preciso descrever aqui.

Então, eu recomendaria que todos aqui tenhamos algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer.

Reporto-me agora à fantástica experiência do Professor Eugenio Hackbart, experiência essa que ele levou sempre em conta e sempre valorizou tanto quanto valorizou os seus conhecimentos técnicos meteorológicos. :russian:

Tenham alguns (não eu, que nesse meio sou ''manjuba'' :laugh: ) uma boa dose de humildade e um caminhão de ceticismo para, simplesmente, não expor a sua ira para com quem não concorda com o seu ponto de vista.

A CIÊNCIA agradece. :russian:


Concordo. Eu também sou "manjuba" nesse assunto, mas eu adoro e sempre adorei, então...aos poucos vamos aprendendo, :laugh: .

O padrão pós-2000 é que nos faz ficar mais pessimistas acima de tudo ! Porém, vamos fechar com um inverno semelhante a 2010 ou 2011 aqui no Sudeste, e ninguém mais fala no assunto, que tal ? :mosking:


Como eu só pós P.H.D. em chatice eu vou falar! :laugh:

E o tema dos análogos (by Professor Eugenio)? Faz tempo que ninguém comenta isso por aqui... :russian:



Não sei se vale pro globo topo , mais o tropical tribits tem uma pagina de comparações , e esse ano da análogo de 2016 .....kkkk

analogs_monthly_mslp.png
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.

Darley
Cirrocumulus
Mensagens: 95
Registado: quarta jan 27, 2016 5:54 pm

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Darley » terça mai 16, 2017 6:10 pm

Vendo no Climatempo observei que na sexta feira(19) a região de Ribeirão Preto pode acumular em apenas um dia a chuva de todo o mês(53mm). A porção Norte de SP(regiões de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto) segundo modelos climáticos terão volumes expressivos e recordes podem ser quebrados em cidades da região como Franca(que possui estação do INMET).

coutinho
Moderador global
Mensagens: 16168
Registado: sexta mar 13, 2009 2:36 pm
Localização: São Joaquim SC

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor coutinho » terça mai 16, 2017 7:28 pm

Moretão Escreveu:
Mario Escreveu:
Fernando Keiser Escreveu:
Ótimo! Porém tem cidade com 350 mil habitantes que não possui uma estação. Piada! Acorda, Epagri!


Aqui em Turvo tem estaçoes da epagri desativadas, tem uma que passo toda semana por ela e está lá apodrecendo.


Quem será que rouba mais nosso dinheiro EPAGRI OU INMET? Muito provavelmente ainda é o INMET.

---

Mínima de 14,3°C no Centro. O desejado é que sexta chegue logo para termos uma máxima amena. Sol de Maio é dose... :negative:



ANTES "QUEBRAREM" O TECLADO, A ESTAÇÃO SERÁ PAGA PELO CDL DE URUBICI E RECOMENDEI O LOCAL DA ATUAL EM VACAS GORDAS......

Avatar do Utilizador
Daniel85
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4822
Registado: domingo mai 05, 2013 1:07 am
Localização: Tatuapé - Zona leste - São Paulo - SP
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Daniel85 » terça mai 16, 2017 7:40 pm

Terça feira de sol com algumas nuvens aqui em Sampa. As nuvens que predominaram durante o dia não foram de MM, mas sim nuvens um pouco mais altas, típica de alguma instabilidade atmosférica.
A temperatura chegou aos 23,2 graus na Mooca, após uma mínima de 15,4 graus. Agora temos 17 graus.

Avatar do Utilizador
Caio César
Cumulonimbus incus
Mensagens: 11975
Registado: quinta mar 19, 2009 2:18 pm
Localização: Florianópolis-SC

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Caio César » terça mai 16, 2017 9:05 pm

Melo Escreveu:Ataques de estrelismos e de pretensões à parte eu direi: vários aqui são realmente ''feras'', conhecem muito do tema, manejam com perícia as variáveis que eventualmente podem definir como será o próximo inverno, mas...

... não me lembro de ninguém ter previsto que 2016 seria um ano ''bom'' a partir do finalzinho de abril, que aquela potente MP seria o ''cartão de entrada'' para um junho bem frio e um julho até razoável.

...não me lembro de ninguém ter previsto em 2013 aqueles eventos que nem preciso descrever aqui.

Então, eu recomendaria que todos aqui tenhamos algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer.

Reporto-me agora à fantástica experiência do Professor Eugenio Hackbart, experiência essa que ele levou sempre em conta e sempre valorizou tanto quanto valorizou os seus conhecimentos técnicos meteorológicos. :russian:

Tenham alguns (não eu, que nesse meio sou ''manjuba'' :laugh: ) uma boa dose de humildade e um caminhão de ceticismo para, simplesmente, não expor a sua ira para com quem não concorda com o seu ponto de vista.

A CIÊNCIA agradece. :russian:


Importa falar que este espaço jamais havia sido contaminado por pretenso harmonizador de debates, se rogando oráculo da depuração das divergências e opiniões. Embates naturais que sempre abasteceram a produção do conhecimento que aqui se cultiva e compartilha.

Não contente em qualificar a questão com o intuito de difamar quem dela participa, se pretende arbitrar o modo como devemos nos comportar. Onde ante a evidência da própria absoluta falta de conhecimento para participar, em contraste com os que aqui se esforçam, sai prontamente rotulado os outros segundo as suas próprias frustrações.

O cabal desconhecimento justifica a perdoável incompreensão dos temas mais simples aos mais complexos. Mas não se pode perdoar a tentativa de trazer para este espaço a repetição de um comportamento que motivou o fechamento do único fórum de tema livre do BAZ.

Que os moderadores fiquem atentos...

Avatar do Utilizador
Fernando Keiser
Altocumulus
Mensagens: 841
Registado: terça mai 27, 2014 10:43 pm
Localização: Blumenau-SC

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Fernando Keiser » terça mai 16, 2017 9:58 pm

marinhonani Escreveu:Acho que passou despercebido pelos paulistas, mas o Inmet instalou automática em Tupã dia 12/05 e na cidade de Marília no dia 13/05.

Como divulgado aqui uns dois meses atrás, já em funcionamento, Marilândia-ES, Ecoporanga-ES, Patos de Minas-MG, Marília-SP, Tupã-SP e lá para o dia 19 em Uberaba.


E no PNI? Carlos?

Avatar do Utilizador
Melo
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4140
Registado: quarta fev 01, 2012 7:04 am
Localização: Jundiaí - SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Melo » terça mai 16, 2017 10:16 pm

Caio César Escreveu:
Melo Escreveu:Ataques de estrelismos e de pretensões à parte eu direi: vários aqui são realmente ''feras'', conhecem muito do tema, manejam com perícia as variáveis que eventualmente podem definir como será o próximo inverno, mas...

... não me lembro de ninguém ter previsto que 2016 seria um ano ''bom'' a partir do finalzinho de abril, que aquela potente MP seria o ''cartão de entrada'' para um junho bem frio e um julho até razoável.

...não me lembro de ninguém ter previsto em 2013 aqueles eventos que nem preciso descrever aqui.

Então, eu recomendaria que todos aqui tenhamos algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer.

Reporto-me agora à fantástica experiência do Professor Eugenio Hackbart, experiência essa que ele levou sempre em conta e sempre valorizou tanto quanto valorizou os seus conhecimentos técnicos meteorológicos. :russian:

Tenham alguns (não eu, que nesse meio sou ''manjuba'' :laugh: ) uma boa dose de humildade e um caminhão de ceticismo para, simplesmente, não expor a sua ira para com quem não concorda com o seu ponto de vista.

A CIÊNCIA agradece. :russian:


Importa falar que este espaço jamais havia sido contaminado por pretenso harmonizador de debates, se rogando oráculo da depuração das divergências e opiniões. Embates naturais que sempre abasteceram a produção do conhecimento que aqui se cultiva e compartilha.

Não contente em qualificar a questão com o intuito de difamar quem dela participa, se pretende arbitrar o modo como devemos nos comportar. Onde ante a evidência da própria absoluta falta de conhecimento para participar, em contraste com os que aqui se esforçam, sai prontamente rotulado os outros segundo as suas próprias frustrações.

O cabal desconhecimento justifica a perdoável incompreensão dos temas mais simples aos mais complexos. Mas não se pode perdoar a tentativa de trazer para este espaço a repetição de um comportamento que motivou o fechamento do único fórum de tema livre do BAZ.

Que os moderadores fiquem atentos...


Esse açodamento, espero eu, não terá sido pela minha menção a ''ataques de estrelismo'''? Terá havido alguma identificação com esse tema?

Não sei. De todo o modo, ressalto a necessidade de, nas minhas palavras, ''de algum tato, alguma precaução, alguma modéstia necessária para assumir que não detemos ainda a capacidade de prever com elevada precisão nem o quê vai acontecer e nem o que NÃO vai acontecer''.


Isso não é moderação, não é censura, é recomendação.

Aliás, eu sou totalmente contra a censura de pontos divergentes, ainda que eles sejam, eventualmente, considerados ''inconvenientes'' a determinados egos.

Passar bem.
“A causa fundamental dos problemas no mundo de hoje é que os estúpidos são convictos enquanto os inteligentes são cheios de dúvidas.”

Bertrand Russell

Avatar do Utilizador
Tstorm
Cumulus humilis
Mensagens: 224
Registado: segunda mar 30, 2015 9:43 pm
Localização: Queimada Nova, PI

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Tstorm » terça mai 16, 2017 10:43 pm

Como foi previsto, hoje foi ainda mais quente que ontem, a máxima chegou a 36,5°C aqui em casa.
Em Paulistana - PI, a máxima chegou a 38,1°C na estação automática do INMET. Essa foi a maior temperatura já registrada em um mês de maio na cidade, superando os 37,0°C do ano passado. :heat:

A previsão de chuva se mantém.
Imagem
Queimada Nova - PI em 2017:
Médias: 23,2°C / 34,1°C
Extremos: 20,0°C / 38,3°C
Precipitação: 413 mm

Queimada Nova - PI em 2016:
Médias: 23,3°C / 33,8°C
Precipitação: 739 mm

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » terça mai 16, 2017 10:47 pm

Caio
tua análise faz sentido.Um ou outro evento ocorrerá.Isso não caracteriza um inverno frio.
Somente generalizei que há choradeira.Chorar é livre.Mas, fatos científicos, são fatais.
Não foi pejorativo.Pois, tuas observações são bem documentadas
Gamboa
Porto Alegre

Avatar do Utilizador
Caio César
Cumulonimbus incus
Mensagens: 11975
Registado: quinta mar 19, 2009 2:18 pm
Localização: Florianópolis-SC

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Caio César » terça mai 16, 2017 11:13 pm

Gamboa, invadindo o terreno das suposições e do otimismo, gostaria de adicionar ao debate uma imagem que chamou a minha atenção ao observar a animação do jato polar.

Particularmente a recente queda da AAO, ainda que em terreno positivo, mostra uma boa desorganização no jato polar. Mais especificamente a imagem do dia 14 de maio mostra uma baita ondulação do jato em direção às médias latitudes do Pacífico Sul, próximo ao continente. Região berçário para o nascimento das baleias polares.

Estaria assim liberando combustível para turbinar as tão desejadas erupções de anticiclones que marcham do Pacífico em direção a zona de ataque ao Cone Sul num futuro não tão distante?

Imagem

A imagem final pode até motivar esperanças em meio a este marasmo e absoluta falta de assunto no tocante às expectativas invernais.

A conferir como se dará a leitura dos modelos para projetar as áreas de baixa e alta em superfície que circundam esta península sul-americana...


Avatar do Utilizador
Daniel85
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4822
Registado: domingo mai 05, 2013 1:07 am
Localização: Tatuapé - Zona leste - São Paulo - SP
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Daniel85 » terça mai 16, 2017 11:29 pm

O tempo abriu um pouco por aqui nessa noite de terça feira. As nuvens que se veem no céu são apenas média.
A queda na temperatura está sendo maior e agora estamos com 15,7 graus na Mooca.

Marcos
Cumulonimbus incus
Mensagens: 10744
Registado: sexta mar 13, 2009 2:42 pm
Localização: Porto Alegre, RS
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Marcos » terça mai 16, 2017 11:35 pm

William Siqueira Escreveu:Não sei se vale pro globo topo , mais o tropical tribits tem uma pagina de comparações , e esse ano da análogo de 2016 .....kkkk

Ao menos por aqui este maio tem tido uma dinâmica parecida com maio de 2010 ,mas um pouco mais quente: sem frio intenso à noite, noites nubladas e tardes agradáveis (sendo que fez um pouco de calor no início deste mês), forte estabilidade atmosférica e, se não estou enganado, poucos dias de chuva. Sem extremos.

Quanto à média tenho esses valores (até o dia 16):

mín: 15,6°
máx: 23,3°

Em maio de 2010 tive estas médias:

mín: 14,9°
máx: 21,9°

É possível que ambos meses fechem iguais ou quase iguais. Neste ano:

mín: 17,1°
máx: 25,6°
simples: 21,35°

Em 2010:

mín: 16,7°
máx: 26,2°
simples: 21,45°

A dinâmica foi diferente: neste ano abril teve um início quente, miolo agradável e final frio; em 2010 o pico de calor foi seguido por dias frescos, fez calor no meio do mês e frio no final.
Estação Chácara das Pedras, Porto Alegre: http://www.wunderground.com/weatherstat ... =IRSPORTO3

Caco
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3146
Registado: terça jun 28, 2011 12:37 am
Localização: São Paulo SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Caco » terça mai 16, 2017 11:46 pm

O ÚNICO modelo que eu sei ler e me baseio até hoje é o Global do Inpe (Ensemble médio temperatura em 850 Hpa). Por ele, as coisas começam a melhorar mais para o final do mês; após a passagem de uma razoável MP, que começaria a alterar progressivamente a dinâmica atual. Vamos ver.

Mas realmente.... tem todo inverno ainda para rolar. Invernos tardios e "memoráveis": 2013, 2000. 2017 ainda sequer começou... estamos ainda no outono....

Renan! Atlântico quente nós temos desde 1997!!!

Beto Krepsky
Pyrocumulus
Mensagens: 2536
Registado: quinta abr 09, 2009 2:36 am
Localização: Blumenau-SC

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Beto Krepsky » quarta mai 17, 2017 1:00 am

Após 2000 estamos tendo ciclos bem determinados, de 2001 até 2006 passamos por invernos ruins e péssimos (2004 se salvou um pouco) e com verões normais a brandos. Tivemos algumas La Ninas em pleno verão causando várias estiagens principalmente no RS, e isso justifica os verões não terem sido um inferno, lembro de várias incursões polares durante o verão naquela época.

De 2007 até 2011 passamos por um ciclo de invernos bons, ótimos e normais. Os bloqueios atmosféricos foram bem menores e menos traumáticos. Em SC esse período marcou a volta das cheias e problemas com excesso de chuva. Por outro lado tivemos a pior onda de calor que vivenciei até hoje que foi em fevereiro de 2010, alias o verão 2009/2010 foi o segundo pior que vi até hoje.

De 2012 pra cá em termos de inverno a coisa ta bagunçada, mas o destaque principal é a quebra de recordes com verões terríveis e meses bizarros.

Já a neve é o fator icônico mais prejudicado de 2000 pra cá, de 2001 até 2016 foram apenas 3 nevadas amplas, e novamente estamos encaminhando para o quarto ano seguido sem neve na serra (desconsiderando as paraguaias e isoladas).

Isso é o que eu resumiria desses 17 anos.

Avatar do Utilizador
Mafili
Cumulonimbus incus
Mensagens: 8634
Registado: segunda mar 30, 2009 12:34 pm
Localização: Ibiúna SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Mafili » quarta mai 17, 2017 1:43 am

William Siqueira Escreveu:Não sei se vale pro globo topo , mais o tropical tribits tem uma pagina de comparações , e esse ano da análogo de 2016 .....kkkk


O único povo (exceto eu) que torce por El Nino é comunidade surfista da Califórnia.

Legal, Will a cada dia uma evolução consistente.

Parabéns
Prediction is very difficult, especially if it’s about the future...Niels Bohr
“There’s nothing so absurd that if you repeat it often enough, people will believe it.” – William James

Avatar do Utilizador
André Luiz DS
Stratocumulus
Mensagens: 469
Registado: quarta mai 18, 2016 5:28 pm
Localização: Umuarama, Paraná, Brasil

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor André Luiz DS » quarta mai 17, 2017 8:03 am

Bom dia, pessoal. O CFSv2 está indicando muita chuva nos próximos 5 dias em São Paulo, Rio de Janeiro, Sul de Minas, Paraná e Mato Grosso do Sul. No primeiro mapa, o volume de chuva esperado. No segundo, a anomalia de precipitação:
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 9:33 am

Caio César Escreveu:Gamboa, invadindo o terreno das suposições e do otimismo, gostaria de adicionar ao debate uma imagem que chamou a minha atenção ao observar a animação do jato polar.

Particularmente a recente queda da AAO, ainda que em terreno positivo, mostra uma boa desorganização no jato polar. Mais especificamente a imagem do dia 14 de maio mostra uma baita ondulação do jato em direção às médias latitudes do Pacífico Sul, próximo ao continente. Região berçário para o nascimento das baleias polares.

Estaria assim liberando combustível para turbinar as tão desejadas erupções de anticiclones que marcham do Pacífico em direção a zona de ataque ao Cone Sul num futuro não tão distante?

Imagem

A imagem final pode até motivar esperanças em meio a este marasmo e absoluta falta de assunto no tocante às expectativas invernais.

A conferir como se dará a leitura dos modelos para projetar as áreas de baixa e alta em superfície que circundam esta península sul-americana...


Torçamos!
Gamboa
Porto Alegre

Marcos
Cumulonimbus incus
Mensagens: 10744
Registado: sexta mar 13, 2009 2:42 pm
Localização: Porto Alegre, RS
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Marcos » quarta mai 17, 2017 9:45 am

Nossa, a mínima aqui foi muito pior do que eu esperava: 14,4°. No INMET deu 13,9°, a maior da totalidade do RS, inclusive Mostardas com vento oceânico. Nosso potencial de mínimas ruins é inacreditável.

Agora 17,8° com 80%. Ao menos teremos chuva de sexta a domingo seguido de uma mp que trará um friozinho, mas nem de longe vai arrumar a média do mês.
Estação Chácara das Pedras, Porto Alegre: http://www.wunderground.com/weatherstat ... =IRSPORTO3

Avatar do Utilizador
Renan
Cumulonimbus incus
Mensagens: 13116
Registado: sexta mar 13, 2009 8:23 pm
Localização: Juiz de Fora MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Renan » quarta mai 17, 2017 10:01 am

Caco Escreveu:
Renan! Atlântico quente nós temos desde 1997!!!


Faltam estudos para fazer a relação entre Atlântico quente e dinâmica atmosférica no Brasil , certo, Caco ? Isso sem falar que um oceano apenas não determina nada na atmosfera. Deveria haver um estudo holístico com muitas variáveis diferentes, juntar tudo e criar uma espécie de índice para determinar melhor as previsões climáticas. O que acha disso ?
2017: Me surpreenda positivamente !

ESTAÇÃO BANDEIRANTES (JUIZ DE FORA, MG):

http://www.wunderground.com/weatherstat ... IMINASGE11

Imagem

Avatar do Utilizador
Renan
Cumulonimbus incus
Mensagens: 13116
Registado: sexta mar 13, 2009 8:23 pm
Localização: Juiz de Fora MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Renan » quarta mai 17, 2017 10:05 am

Muito calor no sertão nordestino, tempo xoxo no sul do Brasil, muita chuva no Sudeste nos próximos dias, o que vai gerar máximas baixas em vários locais... se juntarmos tudo o que os bazianos estão comentando aqui, até que fica um mês de Maio bem dinâmico...

As mínimas de hoje em JF:
- 13,4C no INMET;
- 14,2C em casa (Davis).

Expectativa de máxima sub-20 hoje, a primeira de muitas (até Domingo).
2017: Me surpreenda positivamente !

ESTAÇÃO BANDEIRANTES (JUIZ DE FORA, MG):

http://www.wunderground.com/weatherstat ... IMINASGE11

Imagem

Marcos
Cumulonimbus incus
Mensagens: 10744
Registado: sexta mar 13, 2009 2:42 pm
Localização: Porto Alegre, RS
Contacto:

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Marcos » quarta mai 17, 2017 10:34 am

Renan Escreveu:Muito calor no sertão nordestino, tempo xoxo no sul do Brasil, muita chuva no Sudeste nos próximos dias, o que vai gerar máximas baixas em vários locais... se juntarmos tudo o que os bazianos estão comentando aqui, até que fica um mês de Maio bem dinâmico...

Muita chuva no Sudeste e MS entre o final de quinta e domingo, principalmente SP. O catalisador dessa chuva será a baixa pressão que se formará no Prata e causará chuva no Sul a partir de quinta-feira. Essa chuvarada será bem-vinda. Não sabemos como será o próximo verão.

Aqui 19,2° com 75%. Céu limpíssimo!
Estação Chácara das Pedras, Porto Alegre: http://www.wunderground.com/weatherstat ... =IRSPORTO3

Avatar do Utilizador
Renan
Cumulonimbus incus
Mensagens: 13116
Registado: sexta mar 13, 2009 8:23 pm
Localização: Juiz de Fora MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Renan » quarta mai 17, 2017 10:41 am

Marcos, e apesar do mês acima da média no RS, temos essa surpreendente estação na localidade de Pedras Altas, na serra do sudeste em uma baixada. As mínimas dela e mesmo as máximas são muito boas ! Fico imaginando quanto daria nessa estação em uma MP tipo as de Julho de 2007. Quem sabe algo próximo a -10C...
2017: Me surpreenda positivamente !

ESTAÇÃO BANDEIRANTES (JUIZ DE FORA, MG):

http://www.wunderground.com/weatherstat ... IMINASGE11

Imagem

João Tur POA
Altocumulus undulatus
Mensagens: 1005
Registado: terça jun 28, 2016 9:36 am

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor João Tur POA » quarta mai 17, 2017 10:49 am

Marcos Escreveu:Nossa, a mínima aqui foi muito pior do que eu esperava: 14,4°. No INMET deu 13,9°, a maior da totalidade do RS, inclusive Mostardas com vento oceânico. Nosso potencial de mínimas ruins é inacreditável.

Agora 17,8° com 80%. Ao menos teremos chuva de sexta a domingo seguido de uma mp que trará um friozinho, mas nem de longe vai arrumar a média do mês.


Maio no Sul, em termos de média, está perdido. Não tem como recuperar. Esse ano o que vier é lucro. Eu acredito ao menos numa MP que vai impressionar este ano, mas de um modo geral, será xoxo e sem graça. Abraços, amigo! :good:

Avatar do Utilizador
Flavio Feltrim
Altocumulus castellanus
Mensagens: 500
Registado: terça mai 14, 2013 7:12 pm
Localização: Curitiba

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Flavio Feltrim » quarta mai 17, 2017 11:03 am

Caio César Escreveu:Gamboa, invadindo o terreno das suposições e do otimismo, gostaria de adicionar ao debate uma imagem que chamou a minha atenção ao observar a animação do jato polar.

Particularmente a recente queda da AAO, ainda que em terreno positivo, mostra uma boa desorganização no jato polar. Mais especificamente a imagem do dia 14 de maio mostra uma baita ondulação do jato em direção às médias latitudes do Pacífico Sul, próximo ao continente. Região berçário para o nascimento das baleias polares.

Estaria assim liberando combustível para turbinar as tão desejadas erupções de anticiclones que marcham do Pacífico em direção a zona de ataque ao Cone Sul num futuro não tão distante?

A imagem final pode até motivar esperanças em meio a este marasmo e absoluta falta de assunto no tocante às expectativas invernais.

A conferir como se dará a leitura dos modelos para projetar as áreas de baixa e alta em superfície que circundam esta península sul-americana...


Bem lembrado Caio. Lembrando também que AAO positiva indica que o frio está "aprisionado" no polo, o que é propício ao acúmulo de gelo mas não impede que tenhamos frios menores ou esse tempo monótono que incomoda todos. Isso significa que a porta da geladeira ficando mais tempo fechada vai acumular muito mais frio. Mas na hora que abrir... e quanto mais perto do core do inverno isso ocorre (meio de julho), melhor!

Muitos podem discordar que 2017 não tem nada a ver com 2000 ou 2013 (e de fato são bem diferentes em muitos aspectos), mas ambos estavam com outono/inverno considerado xoxo até que uma bomba no core (entre 10 e 20 de julho) abriu a porteira.

Em 2000 eu já estava na faculdade estudando clima e lembro do pai de um amigo me perguntar no início de julho: cadê o inverno Flavio? Em 2013, postei no twitter duas semanas antes da neve: "muito calor agora, friozão em breve". Nos dois casos, muitos já consideravam o inverno perdido em pleno julho!

O que quero dizer com tudo isso? Que mesmo com inúmeros parâmetros desfavoráveis, nada pode ser descartado!
Laboratório de Climatologia
Laboclima - UFPR
www.laboclima.ufpr.br

William Siqueira
Moderador global
Mensagens: 10751
Registado: quinta abr 25, 2013 8:39 pm
Localização: Maria da Fé MG

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor William Siqueira » quarta mai 17, 2017 11:18 am

Flavio Feltrim Escreveu:
Caio César Escreveu:Gamboa, invadindo o terreno das suposições e do otimismo, gostaria de adicionar ao debate uma imagem que chamou a minha atenção ao observar a animação do jato polar.

Particularmente a recente queda da AAO, ainda que em terreno positivo, mostra uma boa desorganização no jato polar. Mais especificamente a imagem do dia 14 de maio mostra uma baita ondulação do jato em direção às médias latitudes do Pacífico Sul, próximo ao continente. Região berçário para o nascimento das baleias polares.

Estaria assim liberando combustível para turbinar as tão desejadas erupções de anticiclones que marcham do Pacífico em direção a zona de ataque ao Cone Sul num futuro não tão distante?

A imagem final pode até motivar esperanças em meio a este marasmo e absoluta falta de assunto no tocante às expectativas invernais.

A conferir como se dará a leitura dos modelos para projetar as áreas de baixa e alta em superfície que circundam esta península sul-americana...


Bem lembrado Caio. Lembrando também que AAO positiva indica que o frio está "aprisionado" no polo, o que é propício ao acúmulo de gelo mas não impede que tenhamos frios menores ou esse tempo monótono que incomoda todos. Isso significa que a porta da geladeira ficando mais tempo fechada vai acumular muito mais frio. Mas na hora que abrir... e quanto mais perto do core do inverno isso ocorre (meio de julho), melhor!

Muitos podem discordar que 2017 não tem nada a ver com 2000 ou 2013 (e de fato são bem diferentes em muitos aspectos), mas ambos estavam com outono/inverno considerado xoxo até que uma bomba no core (entre 10 e 20 de julho) abriu a porteira.

Em 2000 eu já estava na faculdade estudando clima e lembro do pai de um amigo me perguntar no início de julho: cadê o inverno Flavio? Em 2013, postei no twitter duas semanas antes da neve: "muito calor agora, friozão em breve". Nos dois casos, muitos já consideravam o inverno perdido em pleno julho!

O que quero dizer com tudo isso? Que mesmo com inúmeros parâmetros desfavoráveis, nada pode ser descartado!




Flavio o AAO despencou em 3 dias , mais não deve ficar muito negativo , como vc acha que vai se comportar o cenário ?

Screenshot_20170517-111622.jpg
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.





Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 11:30 am

Gamboa
Porto Alegre

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 11:42 am

Paraná pode ter neve nos próximos dias, dizem meteorologistas

Nesta quarta-feira (17), dia em que Curitiba relembra a última vez que nevou na cidade, meteorologistas emitiram um alerta de neve para quatro cidades do Paraná. De acordo com eles, o fenômeno pode acontecer na segunda-feira (22) em Palmas e em General Carneiro, no sul do estado, e também, em Clevelândia e em Pato Branco, no sudoeste. O fenômeno também deve atingir Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Segundo o meteorologista Gustavo Verardo, uma frente fria deve chegar ao Paraná até a madrugada de sexta-feira (19), trazendo chuva ao estado. “Todas as regiões paranaenses vão ter dias bastante chuvosos até domingo (21). Nesse dia, haverá queda brusca das temperaturas, especialmente na divisa com Santa Catarina e na região oeste”, esclarece.
Para que a neve ocorra, Verardo explica que é necessário ter a combinação de chuva e muito frio. “Primeiro, vem a frente fria com chuva e depois, a massa de ar polar, que derruba as temperaturas. E é isso o que a previsão está indicando”, revela. Segundo o meteorologista, nos próximos dias, existe a chance de mais cidades do estado receberem o alerta.Apesar das condições de neve para segunda, o dia mais frio está previsto para terça-feira (23). A Somar antecipa que, em Palmas, a temperatura deve chegar -5°C, uma das menores mínimas que poderão ser registradas no Paraná. Em Clevelândia, a máxima não passa dos 10°C. Para a capital do estado, os curitibanos podem ter uma mínima de -2°C. Os meteorologistas avisam que a sensação térmica, temperatura sentida na pele, vai ser inferior a esses valores.

Fonte: G1 PR.
Postado por OLHO ABERTO PARANA às 08:00
Gamboa
Porto Alegre

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 11:43 am

Pra mim, um grande tiro no pé.vai saber...
Gamboa
Porto Alegre

Avatar do Utilizador
Flavio Feltrim
Altocumulus castellanus
Mensagens: 500
Registado: terça mai 14, 2013 7:12 pm
Localização: Curitiba

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Flavio Feltrim » quarta mai 17, 2017 11:47 am

William Siqueira Escreveu:
Flavio o AAO despencou em 3 dias , mais não deve ficar muito negativo , como vc acha que vai se comportar o cenário ?


Tentarei ser sucinto, mas posso ficar bem simplista:

Primeiro: normalmente facilita a abertura da "geladeira" quando cai mais do que isso (pelo que vi caiu de 3 para zero, ideal seria cair para -3);

Segundo: abrir a geladeira não significa que o frio venha para a América do Sul: pode escapar ar frio apenas para África ou Oceania e depois fechar novamente. Se fica aberta mais tempo (AAO negativa) favorece o frio para todo hemisfério sul, porem, pode ficar mais diluído.

Por isso insisto que nem sempre os índices significam algo certo: La Niña não significa obrigatoriamente inverno frio, AAO negativa idem, oceano Atlântico frio idem, bloqueio sincronizado no sul do continente idem, ciclos solares e outros. E por isso que anos com El Niño também podem ter bons invernos, toda regra tem exceções se tratando de clima.

São tantos aspectos que tentar construir uma explicação aqui pode gerar equívocos!
Laboratório de Climatologia
Laboclima - UFPR
www.laboclima.ufpr.br

Avatar do Utilizador
Flavio Feltrim
Altocumulus castellanus
Mensagens: 500
Registado: terça mai 14, 2013 7:12 pm
Localização: Curitiba

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Flavio Feltrim » quarta mai 17, 2017 11:48 am

Gamboa Escreveu:Paraná pode ter neve nos próximos dias, dizem meteorologistas

Nesta quarta-feira (17), dia em que Curitiba relembra a última vez que nevou na cidade, meteorologistas emitiram um alerta de neve para quatro cidades do Paraná. De acordo com eles, o fenômeno pode acontecer na segunda-feira (22) em Palmas e em General Carneiro, no sul do estado, e também, em Clevelândia e em Pato Branco, no sudoeste. O fenômeno também deve atingir Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Segundo o meteorologista Gustavo Verardo, uma frente fria deve chegar ao Paraná até a madrugada de sexta-feira (19), trazendo chuva ao estado. “Todas as regiões paranaenses vão ter dias bastante chuvosos até domingo (21). Nesse dia, haverá queda brusca das temperaturas, especialmente na divisa com Santa Catarina e na região oeste”, esclarece.
Para que a neve ocorra, Verardo explica que é necessário ter a combinação de chuva e muito frio. “Primeiro, vem a frente fria com chuva e depois, a massa de ar polar, que derruba as temperaturas. E é isso o que a previsão está indicando”, revela. Segundo o meteorologista, nos próximos dias, existe a chance de mais cidades do estado receberem o alerta.Apesar das condições de neve para segunda, o dia mais frio está previsto para terça-feira (23). A Somar antecipa que, em Palmas, a temperatura deve chegar -5°C, uma das menores mínimas que poderão ser registradas no Paraná. Em Clevelândia, a máxima não passa dos 10°C. Para a capital do estado, os curitibanos podem ter uma mínima de -2°C. Os meteorologistas avisam que a sensação térmica, temperatura sentida na pele, vai ser inferior a esses valores.

Fonte: G1 PR.
Postado por OLHO ABERTO PARANA às 08:00


Essa notícia foi espalhada pela internet e whatsapp nos últimos dias mas é de 2013!!!
Laboratório de Climatologia
Laboclima - UFPR
www.laboclima.ufpr.br

Avatar do Utilizador
Melo
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 4140
Registado: quarta fev 01, 2012 7:04 am
Localização: Jundiaí - SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Melo » quarta mai 17, 2017 11:55 am

Flavio Feltrim Escreveu:[...] O que quero dizer com tudo isso? Que mesmo com inúmeros parâmetros desfavoráveis, nada pode ser descartado![/color][/b]


:hi:

Achei muito interessante o ponto de vista, as informações e também a ponderação final.

Isso confirma o que disse anteriormente: mesmo uma análise técnica perfeita das condicionantes atuais não é suficiente para sabermos exatamente o que ocorrerá nesse próximo inverno.

Os que realmente conhecem esse tema sabem que a Ciência ainda apresenta dificuldades grandes para previsões além de 7 dias. São portanto pessoas que têm o que pode ser chamado por uns de humildade ou, por outros, do bom e velho ceticismo científico. Os fatores relacionados ao tempo são vários, são complexos e todos repercutem uns nos outros. Então não dá para ser categórico ou nem de se formar um ponto de vista determinista sobre o comportamento atmosférico no médio prazo a partir da analise do real neste momento, no agora.

Resumindo: mesmo baseado em parâmetros confiáveis tomados no momento presente, ninguém aqui precisa e nem deve se indispor com as hipóteses de outros participantes a respeito do comportamento do inverno 2017. O tempo é dinâmico, mudanças de padrão podem ocorrer subitamente e, como afirma o Flavio Feltrim, ''nada pode ser descartado''.

Aliás, essa é uma das ''belezas'' da Ciência: frequentemente ela nos faz lembrar que não é a realidade que deve se adaptar às nossas hipóteses, mas justamente o contrário. Ceticismo acima de tudo.
“A causa fundamental dos problemas no mundo de hoje é que os estúpidos são convictos enquanto os inteligentes são cheios de dúvidas.”

Bertrand Russell

Avatar do Utilizador
Flavio Feltrim
Altocumulus castellanus
Mensagens: 500
Registado: terça mai 14, 2013 7:12 pm
Localização: Curitiba

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Flavio Feltrim » quarta mai 17, 2017 12:06 pm

Melo Escreveu:

Achei muito interessante o ponto de vista, as informações e também a ponderação final.

Isso confirma o que disse anteriormente: mesmo uma análise técnica perfeita das condicionantes atuais não é suficiente para sabermos exatamente o que ocorrerá nesse próximo inverno.

Os que realmente conhecem esse tema sabem que a Ciência ainda apresenta dificuldades grandes para previsões além de 7 dias. São portanto pessoas que têm o que pode ser chamado por uns de humildade ou, por outros, do bom e velho ceticismo científico. Os fatores relacionados ao tempo são vários, são complexos e todos repercutem uns nos outros. Então não dá para ser categórico ou nem de se formar um ponto de vista determinista sobre o comportamento atmosférico no médio prazo a partir da analise do real neste momento, no agora.

Resumindo: mesmo baseado em parâmetros confiáveis tomados no momento presente, ninguém aqui precisa e nem deve se indispor com as hipóteses de outros participantes a respeito do comportamento do inverno 2017. O tempo é dinâmico, mudanças de padrão podem ocorrer subitamente e, como afirma o Flavio Feltrim, ''nada pode ser descartado''.

Aliás, essa é uma das ''belezas'' da Ciência: frequentemente ela nos faz lembrar que não é a realidade que deve se adaptar às nossas hipóteses, mas justamente o contrário. Ceticismo acima de tudo.


:hi: :good:
Laboratório de Climatologia
Laboclima - UFPR
www.laboclima.ufpr.br

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 12:27 pm

Flavio Feltrim Escreveu:
Gamboa Escreveu:Paraná pode ter neve nos próximos dias, dizem meteorologistas

Nesta quarta-feira (17), dia em que Curitiba relembra a última vez que nevou na cidade, meteorologistas emitiram um alerta de neve para quatro cidades do Paraná. De acordo com eles, o fenômeno pode acontecer na segunda-feira (22) em Palmas e em General Carneiro, no sul do estado, e também, em Clevelândia e em Pato Branco, no sudoeste. O fenômeno também deve atingir Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Segundo o meteorologista Gustavo Verardo, uma frente fria deve chegar ao Paraná até a madrugada de sexta-feira (19), trazendo chuva ao estado. “Todas as regiões paranaenses vão ter dias bastante chuvosos até domingo (21). Nesse dia, haverá queda brusca das temperaturas, especialmente na divisa com Santa Catarina e na região oeste”, esclarece.
Para que a neve ocorra, Verardo explica que é necessário ter a combinação de chuva e muito frio. “Primeiro, vem a frente fria com chuva e depois, a massa de ar polar, que derruba as temperaturas. E é isso o que a previsão está indicando”, revela. Segundo o meteorologista, nos próximos dias, existe a chance de mais cidades do estado receberem o alerta.Apesar das condições de neve para segunda, o dia mais frio está previsto para terça-feira (23). A Somar antecipa que, em Palmas, a temperatura deve chegar -5°C, uma das menores mínimas que poderão ser registradas no Paraná. Em Clevelândia, a máxima não passa dos 10°C. Para a capital do estado, os curitibanos podem ter uma mínima de -2°C. Os meteorologistas avisam que a sensação térmica, temperatura sentida na pele, vai ser inferior a esses valores.

Fonte: G1 PR.
Postado por OLHO ABERTO PARANA às 08:00


Essa notícia foi espalhada pela internet e whatsapp nos últimos dias mas é de 2013!!!


Macaco que dorme no galho, cai. E eu caí. Isso uma parente minha colocou no face para um conhecido dela, de Curitiba. Hehehe
Gamboa
Porto Alegre

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 12:30 pm

Flavio Feltrim Escreveu:
William Siqueira Escreveu:
Flavio o AAO despencou em 3 dias , mais não deve ficar muito negativo , como vc acha que vai se comportar o cenário ?


Tentarei ser sucinto, mas posso ficar bem simplista:

Primeiro: normalmente facilita a abertura da "geladeira" quando cai mais do que isso (pelo que vi caiu de 3 para zero, ideal seria cair para -3);

Segundo: abrir a geladeira não significa que o frio venha para a América do Sul: pode escapar ar frio apenas para África ou Oceania e depois fechar novamente. Se fica aberta mais tempo (AAO negativa) favorece o frio para todo hemisfério sul, porem, pode ficar mais diluído.

Por isso insisto que nem sempre os índices significam algo certo: La Niña não significa obrigatoriamente inverno frio, AAO negativa idem, oceano Atlântico frio idem, bloqueio sincronizado no sul do continente idem, ciclos solares e outros. E por isso que anos com El Niño também podem ter bons invernos, toda regra tem exceções se tratando de clima.

São tantos aspectos que tentar construir uma explicação aqui pode gerar equívocos!


Lembrou-me de um velho professor meu explicando a circulação do ar vindo do polo. "escapar", gostei da didática. REalmente, o ar escapa. Que nem as frestas das casas gaúchas com o calor gerado nos aquecedores, vão-se. Claro, mais leves. Mas, o frio é uma combinação bem determinada, nesse esgualepado cone sul, entre dois oceanos.
Gamboa
Porto Alegre

Avatar do Utilizador
Mafili
Cumulonimbus incus
Mensagens: 8634
Registado: segunda mar 30, 2009 12:34 pm
Localização: Ibiúna SP

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Mafili » quarta mai 17, 2017 1:10 pm

Gamboa Escreveu:
Flavio Feltrim Escreveu:
Tentarei ser sucinto, mas posso ficar bem simplista:

Primeiro: normalmente facilita a abertura da "geladeira" quando cai mais do que isso (pelo que vi caiu de 3 para zero, ideal seria cair para -3);

Segundo: abrir a geladeira não significa que o frio venha para a América do Sul: pode escapar ar frio apenas para África ou Oceania e depois fechar novamente. Se fica aberta mais tempo (AAO negativa) favorece o frio para todo hemisfério sul, porem, pode ficar mais diluído.

Por isso insisto que nem sempre os índices significam algo certo: La Niña não significa obrigatoriamente inverno frio, AAO negativa idem, oceano Atlântico frio idem, bloqueio sincronizado no sul do continente idem, ciclos solares e outros. E por isso que anos com El Niño também podem ter bons invernos, toda regra tem exceções se tratando de clima.

São tantos aspectos que tentar construir uma explicação aqui pode gerar equívocos!


Lembrou-me de um velho professor meu explicando a circulação do ar vindo do polo. "escapar", gostei da didática. REalmente, o ar escapa. Que nem as frestas das casas gaúchas com o calor gerado nos aquecedores, vão-se. Claro, mais leves. Mas, o frio é uma combinação bem determinada, nesse esgualepado cone sul, entre dois oceanos.


Sobre professores, geladeiras, termodinâmica e percepção.

_ Sabe quando você abre a geladeira e sente aquele ar frio?

_ Sei.

_ Sabe nada....A lei zero da termodinâmica diz _ "O calor flui da maior temperatura no sentido e direção da menor temperatura"

Abraços sensitivos.
Prediction is very difficult, especially if it’s about the future...Niels Bohr
“There’s nothing so absurd that if you repeat it often enough, people will believe it.” – William James

Avatar do Utilizador
Gamboa
Cumulonimbus calvus
Mensagens: 3349
Registado: sábado mar 14, 2009 3:56 pm
Localização: Porto Alegre RS

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Gamboa » quarta mai 17, 2017 1:20 pm

é isso aí Mafili. Matei as aulas de física. Mas, as de geografia, nunca. E não é que era pura física?
Gamboa
Porto Alegre

Darley
Cirrocumulus
Mensagens: 95
Registado: quarta jan 27, 2016 5:54 pm

Re: Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2017

Mensagempor Darley » quarta mai 17, 2017 1:23 pm

Falkando no Rio de Janeiro:
Qual foi a maior chuva mensal já registrada na estação meteorológica do INMET no Alto da Boa Vista(para maio e para qualquer mês)?
E nessa estação mencionada qual foi a maior chuva em 24 horas registrada na estação? Isso me interessa pois o Alto da Boa Vista é a "amazônia carioca".

Sobre a previsão de chuvas para o estado de SP no mapa mencionado este maio deve ser mais chuvoso que o do ano passado(que também foi bem chuvoso).


Voltar para “Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Bing [Bot], Yahoo [Bot] e 21 visitantes